Normas de submissão de textos para a seção acadêmica da Revista de Estudos Lúdicos

 

Este documento descreve as condições para inscrição de trabalhos no Caderno de Artigos da Revista de Estudos Lúdicos (REVEL), de responsabilidade da Rede Brasileira de Estudos Lúdicos (REBEL). 

A REVEL consolida o conhecimento da comunidade interdisciplinar dos Estudos Lúdicos, por isso é plural na aceitação de trabalhos de pesquisa e desenvolvimento tanto afiliados a instituições acadêmicas quanto ao mercado. Passando pela revisão dos conselheiros editoriais e pareceristas convidados, a revista seleciona e orienta a forma final dos trabalhos que compõem o Caderno de Artigos (que não deve ser confundido com a seção editorial e as Memórias publicadas como documentos jornalísticos ou históricos).

Em seu formato atual (a partir do número 4), a REVEL dispõe de inscrição gratuita, em regime de fluxo contínuo, de artigos e relatos sobre jogos, brinquedos, histórias em quadrinhos, humor, educação lúdica e ludificação, entre outros temas de interesse dos estudos lúdicos. Os editores e o conselho da revista são responsáveis por receber e recusar, aprovar sem emendas ou submeter a correções os artigos inscritos. 

Como associação sem fins lucrativos voltada ao conhecimento e à produção lúdica, a REBEL também realiza a curadoria do Fórum Acadêmico de Estudos Lúdicos, visando disseminar as boas práticas em criação e uso de jogos e humor. A produção da revista e a realização do fórum estão sob organização de equipes diferentes e seguem calendários independentes. A organização do FAEL é responsável por selecionar e convidar para apresentação no fórum quaisquer artigos aprovados pela REVEL, ou em processo de correção, a critério da organização do evento e sua capacidade. 

Os autores de artigos convidados a se apresentar no FAEL (em formato presencial ou virtual, segundo as possibilidades de cada edição do evento)  podem declinar do convite, em caso de indisponibilidade. O eventual custo de inscrição no FAEL, bem como custos complementares da participação (como transporte ou comunicação), são independentes da inscrição do texto. Os trabalhos aprovados para as sessões técnicas do FAEL, mas por alguma razão não apresentados, não fazem jus a certificado de participação. 

A seleção definitiva de trabalhos para publicação da REVEL, no entanto, fica a critério dos editores da revista. 

 

1. ​ MODALIDADES DE INSCRIÇÃO

1.1. ​ Artigo completo

Trabalho que apresenta pesquisa madura, já finalizada, ou em estado avançado de desenvolvimento. Possui a participação de pelo menos um mestre ou doutor e está vinculado à pesquisa universitária por meio de projetos ou grupos de pesquisa. Deve ter um mínimo de sete (7) páginas e um máximo de dez (10) páginas, excetuando-se as referências e os anexos. O texto deve conter as seguintes seções (ou equivalentes): Resumo, Introdução, Métodos, Resultados, Discussão e Referências.

1.2. Resumo expandido

Pequeno artigo que mostra uma contribuição significativa em uma pesquisa em andamento (ou mesmo finalizada, desde que possa ser relatada brevemente). Pode ser apresentada por pesquisadores em nível de graduação ou pós-graduação. Devem ter um mínimo de quatro (4) páginas e um máximo de seis (6) páginas, excetuando-se as referências e os anexos. O texto deve conter as seguintes seções (ou equivalentes): Resumo, Introdução, Métodos, Resultados (esperados ou obtidos), Discussão e Referências.

1.3. ​ Relato de desenvolvimento

Artigo que comunica um ou mais aspectos da produção de jogos e afins, incluindo relatos de aplicação de técnicas de criação de regras, som, roteiro, desenho e animação. Deve ter um mínimo de quatro (4) páginas e um máximo de seis (6) páginas, excetuando-se as referências e os anexos. Para auxílio na criação do relato de desenvolvimento, o autor pode consultar o “Guia para redação do relato de desenvolvimento”, em https://www.rebel.org.br/fael/guia-relato/

O texto deve conter as seguintes seções (ou equivalentes): Resumo, Introdução (apresentação do jogo e seu alto conceito), Métodos (onde se apresentam o modelo de desenvolvimento e técnicas/instrumentos de desenvolvimento), Resultados (estágio atual do desenvolvimento e/ou seu objetivo pretendido), Considerações finais e Referências.

1.4. Formato dos trabalhos

  • O artigo deve ser enviado no formato “doc”, “docx” ou “odt”, tendo no máximo 10 MB.
  • Um artigo pode ter, no máximo, 5 autores. O corpo do artigo enviado deve conter o(s) nome(s) do(s) autor(es), os respectivos e-mails, e instituição.
       
  • A formatação geral do artigo deve ser a seguinte: fonte Arial 12, espaçamento de 1,5 linha, margens superior e esquerda de 3cm e inferior e direita de 2cm, com numeração progressiva de seções (1., 1.1., 2. etc.).
       
  • Os trabalhos serão submetidos exclusivamente pelo sistema de submissões da REVEL https://revel.rebel.org.br/index.php/revista/login
       
  • Todas as submissões devem ser originais, isto é, trabalhos inéditos, não-publicados, nem apresentados em quaisquer tipos de eventos.     Qualquer obra que tenha sido previamente publicada, ou está sendo apresentada simultaneamente em eventos ou revista, poderá ser rejeitada pela REVEL e pelo FAEL.
       
  • O autor responsável pela submissão se certifica de que o artigo não incorre em nenhuma ilegalidade.

  1. APRESENTAÇÃO NO FAEL

As normas do evento devem ser consultadas no endereço específico, quando chegar o convite para participação no FAEL. 

Para edições anteriores, consulte a página do FAEL no sítio da REBEL: https://www.rebel.org.br/fael/

 

  1. INSCRIÇÕES

A submissão do artigo deverá ser feita por um dos autores, por meio do sistema de submissões da revista, por meio de uma ficha de submissão e de arquivos anexos (preferencialmente em nuvem), devendo conter:

  • Título do projeto
  • Autores 
  • Instituição    
  • Modalidade    
  • Resumo    
  • Arquivo de texto 
  • Arquivo de vídeo ou outro arquivo de mídia, quando for o caso
  • Autorizações de cessão de imagem etc de todos os autores
  • Envio de fotos dos autores para divulgação em mídias diversas e redes sociais (opcional)

​4. ATRIBUIÇÕES 

O Conselho Editorial da REVEL é responsável pela resolução de dúvidas e problemas referentes à inscrição de pessoas e trabalhos na revista. Em caso de necessidade de alteração de datas ou endereços, as alterações serão comunicadas ao inscrito pelo e-mail cadastrado no sistema da REVEL. 

Questões referentes à categorização e aos pareceres sobre os trabalhos também ficam a cargo do Conselho Editorial. Em caso de conflito de informação ou interesse entre as normas propostas pela REVEL e pela organização do FAEL, cabe à diretoria da REBEL a devida tomada de providências.

 

  1. FLUXO DE RECEBIMENTO, AVALIAÇÃO E PRODUÇÃO
  • Os editores associados, em parceria com a secretaria editorial, recebem os trabalhos inscritos e encaminham para pareceristas (ou invalidam inscrições).
  • Pela norma vigente (a partir do número 4), o sistema de revisão por pares segue o formato “cego simples”, isto é, o texto não precisa ser anônimo para a leitura dos especialistas. Por outro lado, será preservada a  privacidade dos pareceristas e, portanto, a identidade do autor de cada parecer não será revelada aos autores sob nenhuma hipótese.
  • Pareceristas avaliam e:
  1. a) aprovam sem ressalvas - encaminham para revisão e produção. Os autores são convidados a enviar a versão definitiva do texto.
  2. b) aprovam com ressalvas - os autores precisam corrigir o texto e submeter a novo parecer 
  3. c) rejeitam definitivamente - por vício formal (texto já inscrito alhures, fora do padrão exigido etc.) ou por recusa a atender correções previamente pedidas
  • A revista comunica os autores e estipula o prazo para envio de correção do artigo (que depende do calendário da revista). Em caso de descumprimento do prazo, a REVEL reserva-se o direito de cancelar o processo de publicação. 

 

 

 

Ana Paula Albuquerque Teixeira - secretária editorial da REVEL

Ernane Guimarães Neto - pelo Conselho Editorial da REVEL

São Paulo, abril de 2022